Equipe da Defesa Civil Estadual vistoria estrutura de posto de Saúde de Povoado de Neópolis

postado em: Sem categoria | 0

Após denúncia Defesa Civil Estadual avaliou prédio, isolou algumas áreas e orientou prefeitura a realizar a recuperação

 05 de agosto de 2020 |  10:10

A equipe do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil de Sergipe (Depec), após recebimento de uma denúncia, foi apurar e avaliar a estrutura de um posto de saúde que fica localizado no Povoado Tenório, município de Neópolis, no Baixo São Francisco.
Antes da realização da vistoria técnica na unidade de saúde, o secretário-executivo do Depec, capitão Alysson Carvalho, e o gerente de engenharia da Depec, o sargento Moacir Sena, se reuniram com o secretariado da Prefeitura de Neópolis, representado pelo secretário de finanças, Dyegho Fernandez, a secretária-adjunta de obras, Sidiney Leite e pelo coordenador da Vigilância Sanitária, Cláudio de Farias, para relatar a situação da denúncia e destacar a importância da existência da Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil Municipal. Para o secretário-executivo do Depec essa reunião prévia foi fundamental. “A reunião foi bastante proveitosa, pois a mensagem que queríamos passar para o secretariado foi totalmente bem recebida por todos e após a reunião, seguimos com todos os presentes para verificar a estrutura do posto de saúde denunciado e avaliarmos a situação”, explicou.
De acordo com o gerente de engenharia do Depec, sargento Moacir Sena, foi constatado durante a vistoria que há algum tempo o telhado da unidade de saúde havia sido danificado, não havendo nenhum reparo para a recuperação do mesmo, o que ocasionou o acúmulo de água na laje, trazendo consequências para grande parte da edificação, onde foi possível perceber diversos pontos de infiltrações, que culminaram na existência de mofos em diversas salas, inviabilizando o uso de forma salubre de quase todos os ambientes da edificação. Ainda foi possível observar o desplacamento da cobertura de policarbonato na fachada da edificação, no acesso principal do posto”, avaliou.
Segundo Sena, de acordo com a avaliação realizada, somente quatro ambientes (sala de odontologia, sala de procedimentos, copa e farmácia) estão em condições favoráveis para atendimento à população. Foi orientado que todos os demais ambientes fossem isolados, até que seja realizada uma obra de recuperação do prédio, que apesar de não estar com a sua estrutura comprometida, apresenta condições insalubres para os profissionais que atuam na unidade e para a população assistida no local.